sábado, 2 de julho de 2011

COMO INVESTIR EM TÍTULOS PÚBLICOS

Para investir em títulos público você precisa ter no mínimo R$ 200,00 e o retorno varia de acordo com o tipo de título que você escolher. Abaixo demonstro quanto é a rentabilidade anual e uma pequena explicação de como está dividido os títulos.
A próxima pergunta poderia ser como faço para investir nisso? Os bancos normalmente não te dão esta opção, pois é pouco rentável para eles. Mas se procurar seu gerente e falar que quer investir em títulos ele mostrarão que tem como fazê-lo. Caso não consiga pelo seu banco você pode abrir uma conta em uma corretora de valores cadastrada pela CVM.
Hoje por exemplo eu opero pela Agora invest (www.agorainvest.com.br) e pela Mycap.(www.mycap.com.br). Quando se cadastrar vai verificar como é fácil fazer um investimento como esse. Porém antes de investir vale à pena verificar quanto à corretora cobra de custódia e corretagem pela operação para você saber se vale ou não a pena comprar o título pela aquela corretora.

Rentabilidade do Tesouro Direto - Posição em 21/05/2010
Títulos
Vencimento
Rentabilidade Bruta
Taxa do Dia (ao ano)
Últ. 30 dias
Mês Anterior
No Ano
12 Meses
Compra
Venda
Prefixados
LTN
01/07/2010
0,75%
0,66%
3,33%
9,35%
-
9,81%
LTN
01/01/2011
0,73%
0,41%
3,52%
8,99%
11,00%
11,04%
LTN
01/01/2012
0,75%
0,15%
3,94%
7,94%
12,19%
12,24%
LTN
01/01/2013
0,97%
-0,28%
-
-
12,55%
12,61%
NTN-F
01/07/2010
0,75%
0,66%
3,33%
9,39%
-
9,81%
NTN-F
01/01/2011
0,74%
0,42%
3,53%
9,17%
-
11,04%
NTN-F
01/01/2012
0,78%
0,21%
4,01%
8,78%
-
12,24%
NTN-F
01/01/2013
0,96%
-0,08%
4,46%
9,13%
-
12,62%
NTN-F
01/01/2014
1,24%
-0,18%
4,85%
9,25%
-
12,70%
NTN-F
01/01/2017
1,27%
0,42%
7,68%
8,43%
12,69%
12,75%
NTN-F
01/01/2021
1,29%
1,68%
-
-
12,79%
12,85%
Indexados à Taxa Selic
LFT
16/03/2011
0,77%
0,69%
3,25%
8,80%
-
0,01%
LFT
07/03/2012
0,74%
0,66%
3,22%
8,77%
-
0,02%
LFT
07/03/2013
0,69%
0,61%
3,17%
8,72%
0,00%
0,03%
LFT
07/03/2014
0,62%
0,54%
3,10%
8,64%
-
0,04%
LFT
07/03/2015
0,58%
0,50%
-
-
0,00%
0,04%
Indexados ao IGP-M
NTN-C
01/03/2011
1,40%
1,77%
7,60%
13,06%
-
4,12%
NTN-C
01/07/2017
0,83%
0,35%
6,90%
10,51%
-
6,66%
NTN-C
01/04/2021
-0,04%
0,57%
6,71%
10,20%
-
6,60%
NTN-C
01/01/2031
-0,95%
0,79%
5,73%
10,48%
-
6,54%
Indexados ao IPCA
NTN-B
15/08/2010
0,86%
0,81%
4,23%
10,85%
-
5,67%
NTN-B
15/05/2011
0,75%
0,50%
4,88%
11,30%
-
5,95%
NTN-B
15/08/2012
0,60%
0,10%
4,95%
10,77%
6,72%
6,76%
NTN-B
15/05/2013
0,84%
0,23%
5,02%
10,98%
-
6,79%
NTN-B
15/05/2015
0,73%
0,03%
5,25%
11,92%
6,71%
6,75%
NTN-B
15/05/2017
0,20%
0,01%
5,43%
11,97%
-
6,66%
NTN-B
15/08/2020
-0,58%
0,28%
5,24%
11,75%
6,54%
6,62%
NTN-B
15/08/2024
-1,38%
-0,03%
4,02%
12,17%
6,45%
6,53%
NTN-B
15/05/2035
-2,42%
1,19%
4,02%
12,42%
6,40%
6,50%
NTN-B
15/05/2045
-3,12%
1,76%
4,00%
12,61%
6,40%
6,50%
NTN-B Principal
15/05/2015
0,70%
-0,05%
5,31%
12,16%
6,72%
6,76%
NTN-B Principal
15/08/2024
-2,84%
-0,15%
2,71%
12,92%
6,40%
6,48%
NTN-B Principal
15/05/2035
-5,96%
3,71%
-
-
6,33%
6,43%


Observações:
(1) As despesas com Imposto de Renda, IOF e taxas dos Agentes de Custódia não foram consideradas.
(2) Rentabilidade bruta acumulada que o investidor obteria caso vendesse o título público no dia da posição (antes da data de vencimento), sujeita às flutuações de preços no mercado secundário de títulos públicos.
(3) As rentabilidades brutas da NTN-B, NTN-C e NTN-F foram ajustadas para incorporar os cupons de juros. A metodologia utilizada considerou que os juros foram reaplicados no mesmo título, às taxas praticadas na véspera dos pagamentos de cupons.
(4) Caso o investidor mantenha os títulos públicos até as respectivas datas de vencimento obterá a rentabilidade bruta pactuada no momento da compra.
(5) Periodicidade:
•Últimos 30 dias: relativo ao dia da posição e o mesmo dia do mês anterior; 
•Mês Anterior: relativo ao último dia do mês anterior e o último dia do mês retrasado; 
•No Ano: relativo ao dia da posição e o dia 01/01/2009; 
•12 meses: relativo ao dia da posição e o mesmo dia do ano anterior. 
(6) As células que não apresentam rentabilidade significam que o título não estava sendo ofertado no início de cada período.
(7) A Taxa do Dia corresponde às 9 horas da manhã do dia da posição. As taxas podem ser modificados ao longo do dia, de acordo com as condições de mercado.
(8) Os títulos públicos que não apresentam a Taxa do Dia Compra não estão disponíveis para aquisição no dia da posição.
(9) A rentabilidade pactuada no momento da compra será a taxa do dia acrescida da variação do indexador entre a data da compra e a data de vencimento.
(10) Os dados dos Índices do Mercado Andima (IMA) referem-se à posição fechada do mês anterior.
(11) Ressaltamos que a rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura

 Fonte: http://www.tesouro.fazenda.gov.br/tesouro_direto/rentabilidade.asp

 

 

 

 

 

 

5 comentários:

A melhor coisa de investir em títulos públicos é que eles rendem mais que a poupança e tem o mesmo nível de segurança.

Mesmo sendo pequena a rentabilidade é bem maior do que a da poupança

É maior que a poupança e mais seguro que a bolsa de valores, é onde irei investir quando possivel.

Perfeito,

existe uma grande segurança no investimento e o retorno é bem maior do que o da poupança.

Para os investidores conservadores é uma boa opção

Para quem não têm confiança em arriscar na bolsa, é a melhor opção!