sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

7 dicas fundamentais para quem tem um negócio em casa




1) Antes de começar qualquer negócio, procure conhecer a fundo o ramo em que pretende investir. Analise a concorrência na região, faça cursos, vá a feiras e seminários, pesquise produtos e serviços similares na internet, identifique seus futuros clientes e suas necessidades. E, claro, faça um plano de negócios

2) Fique atento às questões de zoneamento, higiene e saúde, em geral rigorosas para quem atua nas áreas de alimentos e cosméticos. Rio de Janeiro, São Paulo e Fortaleza são algumas das cidades do país que têm legislação específica para quem trabalha em casa. Verifique a legislação que rege o zoneamento do bairro onde você mora e veja se há qualquer impedimento para a abertura de empresa em casa

3) Não se esqueça de pedir o alvará de funcionamento na prefeitura de sua cidade

4) Solicite um segundo alvará ao órgão responsável pela vigilância sanitária, caso você pretenda trabalhar com alimentos. A legislação tem regras rígidas: a cozinha, por exemplo, não pode ser a mesma usada por moradores; precisa ser instalada em área independente, com azulejos até o teto e piso impermeabilizado, entre outros itens

5) Procure instalar uma entrada independente para receber clientes, fornecedores ou mesmo para a entrada de funcionários. Isso dá um ar mais profissional ao negócio. Não há nada pior do que atravessar a sala, onde a criançada está na maior folia ou a família está se alimentando, para chegar ao balcão de uma empresa

6) Concentre suas atividades num único espaço, não invadindo os demais cômodos da casa. Sua família não precisa compartilhar sua rotina profissional. Prepare um espaço (quarto, edícula, garagem) para sediar o novo negócio. Use os mesmos tipos de móveis e equipamentos que adotaria num ponto comercial

7) Planeje com cuidado o espaço da casa que você ocupará para trabalhar, até mesmo adotando tratamento acústico nas paredes, para que sons de atividades domésticas (como crianças, televisão e aparelhos de som) não interfiram em seus telefonemas

10 comentários:

Muito bom! Dicas simples e essenciais. Agora é só "meter a mão na massa"!

Gostei das dicas!
Estou seguindo o seu blog :)
http://leituradaestante.blogspot.com/

São ótimas essas dias principalmente as sobre legislação, muitas pessoas que que já tem, a anos, suas empresas ainda não estão adequadas com essas normas!!

Mesmo sendo em casa, continua sendo uma empresa! Dicas extremamente importantes

Este comentário foi removido pelo autor.

O sonho de ter o próprio negócio faz com que muitos Brasileiros utilizem parte de suas residências como local de trabalho. É uma ótima forma de se começar economizando uma boa quantia e como em qualquer empreendimento é preciso tomar os seus devidos cuidados. Ótimas dicas!

Este comentário foi removido pelo autor.

O problema de se ter um empreendimento em casa é muitas das vezes não coordenar o mesmo de uma forma profissional.

Algumas pessoas acabam relaxando e não seguindo essas orientações, que são básicas, e acabam não passando uma imagem de profissionalismo a seus clientes.

Quando a empresa funciona em casa, ela precisa ser separada ao máximo, assim como o dinheiro da família e o da empresa, seu ambiente, essa empresa tem que ter um horário fixo, quanto mais o ambiente se torna empresarial mais credibilidade ele passa a seus clientes.